ETE Wetlands USIMINAS | Efluentes sanitários

ETE Wetlands para tratamento de efluentes sanitários com proposta de integração paisagística.

ETE Wetlands para tratamento de efluentes sanitários com proposta de integração paisagística.

A empresa Wetlands Construídos vem desenvolvendo ao longo dos últimos anos uma parceria de P&D (pesquisa e desenvolvimento) para o uso do Agregado Siderúrgico como meio filtrante em sistemas wetlands construídos dentro do conceito de Estações Sustentáveis de Tratamento de Esgotos. Fruto dessa relação, realizou-se a implantação de um aparato experimental nas dependências do Centro de Inovação e Tecnologia do SENAI-FIEMG. O objetivo desse estudo foi demonstrar o desempenho dos wetlands construídos de fluxo vertical quanto à remoção dos principais parâmetros relacionados ao tratamento de efluentes, comparando um meio suporte constituído por agregado siderúrgico e outro constituído por agregado comum (brita gnaisse). Os resultados demonstraram competência dos agregados siderúrgicos e uma similaridade com brita gnaisse para o tratamento de esgotos sanitários, corroborando diversas pesquisas similares já desenvolvidas com materiais de diferentes indústrias siderúrgicas ao redor do mundo.

Consequente a esse estudo, surgiu a proposta em questão, de implantação da Estação de Tratamento de Efluentes (ETE) dentro das dependências do edifício sede da USIMINAS, consolidando, em escala real, o conceito validado no aparato experimental. A implantação tem como objetivo ser modelo de referência para outros projetos de tratamento de esgotos sustentáveis, empregando conceitos de integração paisagística, economia circular (uso do agregado e gestão sustentável de lodos), redução da emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE), simplicidade e redução de custos operacionais entre outros benefícios técnicos, econômicos e ambientais.

Indicadores técnicos

21,00

m³/dia

396

Área (m²)

2020

Início da operação / data projeto

Galeria de fotos